sexta-feira, 4 de abril de 2014

Visitando o Murilo, sobrinho de Coração







Quem me acompanha há anos, sabe que eu e Nana temos uma história. Quase como filhas de barrigas diferentes e vê-la tão plena, realizada, com sua própria família, própria casa, é tão bom. Aquece o coração. O bebê dela é lindo, feliz, super bem cuidado e cheiroso demais. Já tem o meu amor de tia, o Murilo.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Conheci o Maracanã novo

Não gosto de futebol, não gosto de ir a estádios assistir a partidas, mas não posso ignorar da paixão que o futebol exerce sobre as pessoas, sobre as nações e a responsabilidade que é ser anfitriã em uma Copa do Mundo, como a Cidade do Rio de Janeiro o é!

Rodrigo sempre fala que esporte é legal, uma oportunidade de carreira, trabalha a auto estima de um povo e temos um livro sobre isso e o filme, que me fez chorar:




Eu não curto a rivalidade das torcidas, nem a violência e sendo mãe de menino, me apavora ver onde isso pode enveredar. Tremo só de pensar em um fanático aqui em casa. Rodrigo é super cabeça, lida bem com as competições, gosta do futebol como um todo, acompanha, conhece os outros jogadores, analisa os campeonatos e acho que ele tem muita sabedoria para passar para o nosso pequeno.

Acho legal enquanto hobby, ver famílias inteiras uniformizadas, como a da minha amiga de faculdade, a Wanice e sua linda família tricolor, mas aqui em casa, rola um Fla Flu.

Então pra mim, esse antagonismo faz perder a graça, a ida ao Maracanã, sabe?

Eu queria que todos fôssemos do mesmo time, mas não somos. Minha memória afetiva, é rubro negra e eu adoraria ver Miguel brincando e torcendo com os primos e tios, mas o legado é do Rodrigo mesmo e ele quem influencia o Miguel na escolha.

Eu gostei de ver o estádio de primeiro mundo, espero que isso reflita em outras áreas. Não podemos esquecer que educação, saúde e sim, esporte são fundamentais para uma nação.

Convenci até meu sobrinho Vascaíno a acompanhar-nos no programa, para ver o Maraca novo! Foi bacana! Eu fiquei um pouco aflita com uma confusão na torcida tricolor e também ao ver os seguranças a posto, com medo da confusão, ainda mais com meu pequeno lá...se fosse algo mais tranquilo, iria mais vezes...




















terça-feira, 1 de abril de 2014

Comemoramos o Valentine´s day e eu fiz essas flechas, que vi em um site e usei lápis para o Miguel levar para a escola





As datas internacionais nos mantém globalizados e ainda nos dão mais motivos para comemorar. Em casa, mudamos o poster desse quadro que ganhei da Nana e imprimi as flechas do cupido, para o Miguel levar lápis para as professoras. Foi bem legal! Dia do amor!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...